Com garrafas de times da NFL, Coca-Cola invade terreno da Pepsi

Com garrafas de times da NFL, Coca-Cola invade terreno da Pepsi

Concorrência entre gigantes da indústria está cada vez mais acirrada nos EUA
 
A disputa entre Coca-Cola e Pepsi pelo mercado de patrocínio ao futebol americano nos Estados Unidos entrou em um novo nível de concorrência nesta semana, quando a Coca-Cola iniciou a campanha "Share a Coke" ("Divida uma Coca-Cola", em tradução livre) com quase 60 logotipos de universidades que disputam a temporada da NCAA (a liga universitária de esportes) e, também, seis equipes que estão na NFL, a liga profissional de futebol americano.
 
As embalagens do refrigerante com as logomarcas das equipes foram lançadas na última segunda-feira (5). Elas fazem parte da ação que geralmente coloca nomes de pessoas nas garrafas e latas do produto e é lançada a cada verão nos EUA.
 
"Estamos entusiasmados em dar aos consumidores a oportunidade de compartilhar algum espírito de equipe quando compartilharem uma Coca-Cola nesta temporada de futebol. Esperamos unir amigos, fãs e até rivais através do poder do 'Share a Coke'", disse Oana Vlad, diretor da Coca-Cola, em comunicado.
 
Lançada há cinco anos, a campanha coloca quase mil nomes e sobrenomes mais populares dos Estados Unidos nas embalagens. Em 2017, para celebrar o "March Madness", espécie de mês de finais do basquete universitário, a Coca-Cola chegou a lançar embalagens com os logos das equipes que disputavam a competição. Isso serviu de inspiração para a aproximação com o futebol americano, que tem na rival Pepsi uma grande parceira da NFL há algumas décadas.
 
"Quando você considera que o futebol é um dos maiores pontos de paixão da América e os melhores momentos do ano para desfrutar uma Coca-Cola, a decisão de trazer o 'Share a Coke' através das lentes do futebol foi natural", afirmou Vlad.
 
A campanha "Share a Coke" será lançada durante as transmissões semanais do ESPN College GameDay. Uma das ações previstas é levar para 50 fãs em cada um dos sites do GameDay um "tratamento VIP", com estoque ilimitado do produto.
 
A Coca-Cola ainda fechou parceria com o McDonald's para realizar ações em lojas da rede de restaurantes. Outra forma de ajudar a ampliar as vendas foi fechar um acordo com supermercados menores, de atuação local, para aproximar-se do público universitário. Haverá uma campanha de marca nacional, em setembro, quando começa a temporada do futebol americano, para celebrar a iniciativa.
 
A estratégia é uma forma de a Coca-Cola ganhar espaço na concorrência com a Pepsi, que só pode usar o logo dos 32 times da liga em conjunto.
 
"Mudar de uma abordagem nacional para uma bem local é incrivelmente complicado e só poderia acontecer com a parceria de nossos engarrafadores. No verão passado, tomamos a decisão, juntos como um sistema, de que o 'Share a Coke' seria nosso maior incentivo para 2019. Coletivamente, acreditamos no poder de nossos ativos futebolísticos em nível local", completou Vlad.
 
Fonte: https://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/com-garrafas-de-times-da-nfl-coca-cola-invade-terreno-da-pepsi_37806.html
Voltar ao Topo