Há mais propaganda de bancos que empréstimo real, diz presidente do Sebrae

Há mais propaganda de bancos que empréstimo real, diz presidente do Sebrae

Base da economia brasileira, os micro e pequenos negócios sentiram em primeiro instante o impacto econômico da pandemia causada pelo coronavírus e correm para tentar evitar consequências maiores, como o desmonte dos negócios. Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), 89% do setor sofre com queda no faturamento devido à pandemia. O órgão não trata sobre a necessidade de flexibilização ou não das medidas de distanciamento social, mas foca na tentativa de concessão de capital de giro para que as empresas mantenham a mínima saúde financeira e consigam atravessar a crise sem desaparecer.

 

Voltar ao Topo